About Me

Minha foto
Collegeville, Philadelphia, United States
Aquariana, casada, mae, filha, 25 anos, metida a sabe tudo, corajosa, algumas vezes nostalgica, desastrada, estabanada, apaixonada por futilidades como maquiagem, roupas e sapatos. E agora descobrindo o meu lado decoradora ... Simplesmente eu !

25/11/2010

HAPPY THANKSGIVING !!!

                               Bem, hoje meu segundo post e eu estou super animada. Ja mudei a cor, a letra, o fundo, um trilhao de vezes mas acho que agora esta legal.
                           Vou falar como foi meu primeiro Thanksgiving. Acordei e a manha estava umas das mais frias desde que cheguei aqui e sabem qual foi a surpresa ?
                          Abri a janela e estava nevando!

video

                         Todos queriam que eu saisse para ver/tocar/sentir/ me molhar na neve, massssss, claro que eu nao fui, so que seu quisesse ficar de cama por semanas com a minha garganta inflamada (sempre tenho problemas de amigdalite, alias nao sei se e assim que se escreve). Meu corpo estava quentinho recem-saido da cama, eu so coloquei a mao no vidro da porta e quase congelei.
                         Entao foi quando desci e me deparei com o campo de guerra na cozinha. Panelas fritando, assando, cozinhado, latas vazias e panos de pratos usados por todos os lados. Mas eu nao posso reclamar, ja arrumei o marido que goste de cozinhar, seria muita exigencia pedir um que cozinhasse e fosse organizado ao mesmo tempo.
                       Mas, explicando sobre o Thanksgiving ou mas conhecido no Brasil como dia de Acao de Gracas, e comemorado nos Estados Unidos e no Canada, aqui nos EUA e comemorada na ultima quinta-feira do mes. Esse dia e para agradecermos as oportunidades, conquistas e fartura do ano. Entao as familias e pessoas queridas se unem para jantar juntos (sinal de fartura).
                      E como e meu primeiro ano por aqui a celebracao foi aqui em casa, vieram os pais e a irma do Mike. Preciso confessar uma coisa, detesto ser anfitria. Fico completamente sem graca quando as pessoas chegam e vem me cumprimentar, podem acreditar, logo eu, tao extrovertida e desencanada. Se a data necessite que a pessoa me de algum tipo de presente a coisa piora. Dou aquele sorriso amarelo, nunca sei se devo ou nao abrir o presente na hora ou esperar a pessoa ir embora. Ainda bem que vieram apenas essas tres pessoas ( sogra, sogro e cunhada), ja estou bem familiarizados com eles.
                     E ai que comeca a comilanca, como se fosse Natal. Peru, milho, batatas, geleia de cranberries ( e uma frutinha citrica vermelha, que eu por sinal detestei), coquetel de camarao entre outros aperitivos antes do jantar. Para sobremesa nao podia faltar as famosas tortas, tivemos de maca e abobora ( alias e uma epoca do ano que todo lado do mercado que voce olhe tem algum coisa com abobora, acho que eles usam as que nao foram vendidas no Hallowen para fazer doces, biscoitos , ate sorvete ).
                     Foi muito agradavel, as criancas acabaram o primeiro prato antes de acabar a oracao de agradecimento. E muita musica, alias o afinador do piano ficou tres horas ontem para colocar o piano em dia. Preciso me acostumar, estou em uma familia de musicos e esportistas, todos aqui tocam alguma coisa no piano e fazem algum esporte ( Oh ! Ceus!) 

                    Acho que deu para entender um pouquinho como foi o dia aqui hoje. Beijos ate a proxima  

24/11/2010

O TITULO

      Bem por onde comecar ?
    Sao tantas coisas para explicar, tantas novidades para contar.

    Vou comecar explicando o porque do nome do blog. Sinceramente eu nao sei de onde surgiu esta ideia. Estava de frente para a pagina onde voce precisa dar um nome ao Blog, quando de repente, me veio a mente "Carrosel", essa palavra antiga que seculos nao ouvia falar, mas, me remete uma ideia real de como todos nós somos. Todos temos altos e baixos, eu me acho muito parecida com minhas mudancas de humor (as vezes, penso que preciso de uns remedinhos hihihi).
    E o carrosel me lembra minha infacia, meu pais olhando pacientemente (ta bom , as vezes, nem tao pacientes) minha irma e eu rodando, rodando. Como fazem ate hoje olham e nos apoiam em qualquer que sejam as nossas escolhas. Agora me assistem na minha nova jornada na terra do Tio Sam.

             Nos meus passos, tropecos e recomeços.